English Version

Isabel Santos Fidalgo colabora com a sociedade desde 2006, integrando o Grupo Profissional de Direito Fiscal. Presta serviços na área do contencioso fiscal e da consultoria e planeamento fiscal.

Desde 1999, exerce a sua atividade profissional no âmbito do direito fiscal, em todas as suas vertentes, com especial incidência nas áreas da tributação nacional do rendimento das sociedades – financeiras, comerciais e industriais –, abrangendo todas as restantes especialidades tributárias. Tem participado nas mais relevantes operações de reorganização societária ocorridas em território nacional. Na área do contencioso fiscal é-lhe reconhecida uma consolidada experiência na gestão do contencioso tributário (gracioso e tributário) dos mais relevantes litigantes nacionais, representando contribuintes em ações judiciais relativas às mais diversas áreas de tributação.

Isabel Santos Fidalgo integra a lista de árbitros em matéria tributária do Centro de Arbitragem Administrativa (CAAD). Em 2013, prestou assessoria técnica à Comissão para a Reforma do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas (IRC).
 De 2004 a 2006, exerceu as funções de advogada, na qualidade de Associada, na Sociedade de Advogados Osório de Castro, Verde Pinho, Vieira Peres, Lobo Xavier e Associados, e, de 2002 a 2004, na Sociedade de Advogados Abreu Cardigos & Associados. Colaborou ainda com as sociedades Arthur Andersen e PricewaterhouseCoopers.

 

Áreas de Atividade

Fiscal (Fiscalidade e Consultoria Geral, Fiscalidade Internacional e de Planeamento, Procedimento e Contencioso Tributário).

Formação Académica

Licenciatura em Direito (Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa 1999). Pós Graduação em Finanças (EGP/Porto Business School, 2001). Pós Graduação em Ciências Jurídico-Empresariais (Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, 2006).

Associações Profissionais

Ordem dos Advogados (Inscrita na desde 2004). Membro da Associação Fiscal Portuguesa (AFP).

Línguas

Português, Inglês, Francês e Alemão.

Publicações »

Newsletters »

Notícias »

Imprensa »

LEXMUNDI